Spirito Cupcakes & Coffee

altAgXNB9Gn5Gn29WKM6vXUZSsymID1Xcxr_eVstwerupi9[1](Red Velvet)

A Spirito nasceu em Braga em 2011 e já conta com duas mais duas lojas: em Guimarães e no Porto. Das vezes que fui à cidade nunca tive a oportunidade de visitar este fantástico lugar mas depois abriu a da Invicta e foi amor à primeira vista (literalmente!). O espaço está lindamente decorado… assim do género do Starbucks,  resguardado, com um ar muito calmo e aconchegante, e muito espaço para sentar com sofás. Já para não falar do produto: os cupcakes são deliciosos e existem muitos sabores diferentes. Não pude ficar indiferente a um de Nutella e banana que foi o primeiro que provei. Adorei e fez-me voltar. Quanto aos gelados artesanais, por enquanto ainda não provei nenhum. Das vezes que lá fui não estáva propriamente calor e não me fez ter vontade de comer algo frio mas posso dizer que das pessoas que conheço e que já foram visitar o estabelecimento, adoram os sabores distintos. A fama é tal que já há marcas a pedirem à Spirito para fabricarem gelados com o sabor dos seus produtos! O máximo.

Claro que além de Cupcakes e gelados há ainda bebidas como chocolate quente, capuccino, chá gelado… Tudo para nos fazer ter mais vontade de lá voltar!

O ponto forte da Spirito? Todos os bolos são feitos no dia. A prova que tenho é que quando lá fui no Halloween quando eu e os meus amigos estávamos a sair, um dos colaboradores estáva a oferecer os cupcakes que sobraram para poder fechar a loja sem nenhum por comer! (Fica a dica para os mais espertos!)

altAkv_f-MTunEeeEdtnVThr-R9Q2xHJKay2SDNpkBGUhK5[1]

Morada no Porto: Rua Mouzinho da Silveira, n° 324,
4050-417 Porto

Fotos by Catarina Bernardo

Férias, as tão-aguardadas férias.

Há imenso tempo que eu queria ir ao Algarve. Nunca lá fui e depois de viajar para outros destinos decidi que este ano seria a vez de me aventurar pelas terras lusitanas. Depois de um mês a matutar para onde iria, como ia, com quem e em que altura do mês, decidi-me pela primeira semana de Junho. Viagem de avião Porto – Faro compradinha, pousada da juventude reservada (e pága). No mesmo dia em que fiz estas transacções todas, recebo um e-mail: “voluntariado para o Primavera Optimus Sound” – já andáva à espera da abertura das inscrições há mil anos mas às vezes sou meia tótó e então nem percebi que o festival é de dia 5 a dia 7. Já perceberam não já? Vou para lá para baixo… o que não é mau, mas criou-me um dissabor. Já não posso ir ver os The National e ainda divertir-me com o resto do pessoal lá do voluntariado.

Compus-me, aceitei, e andei para a frente. Fiquei feliz com a decisão de ir para o Algarve.

Hoje, lembrei-me. “E se eu for e estiver com o período?”. Exacto, vou estar nessa altura do mêsjackpoint.

 

Pagz